Seguro Viagem: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Seguro Viagem: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Seguro Viagem: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

  • Postado em 17/06/2019
  • Comentários
  •  

Os brasileiros têm viajado bastante para o exterior. Mesmo com a crise, quando sobra dinheiro, quem pode faz as malas e embarca rumo a novas experiências. Em 2017 (dados consolidados mais recentes), os brasileiros fizeram 6,5 milhões de desembarques internacionais. Foi um aumento de 91% em relação ao ano de 2009, quando a Mastercard começou a fazer a pesquisa Global Destination Cities Index. O problema é que muitos destes viajantes estão entrando no avião sem seguro viagem.

Caso aconteça qualquer imprevisto, o prejuízo é enorme. Fizemos um levantamento dos valores nos Estados Unidos e da média nos principais destinos europeus.

Nos Estados Unidos, um atendimento hospitalar custa US$ 3 mil (R$ 11.621,40) e na Europa € 2 mil (R$ 8.785,80). A cotação e as conversões foram feitas com o câmbio da primeira semana de junho de 2019. Um simples exame de sangue não é mais barato que US$ 200 (ou € 150) e um raio-X fica em US$ 700 (ou € 200). Pegue a calculadora você mesmo e faça a conversão. O susto é garantido, ainda mais se pensar em algum caso mais complicado com internação.

Por que fazer um seguro viagem?

Para não ir à falência e para não estragar suas férias com imprevistos. Não é incomum passar mal durante uma viagem. O clima é diferente, a comida é típica (para quem mora lá. Já para o seu estômago, é completamente atípica), e você caminha muito mais do que o normal. É possível ter uma gripe forte, uma infecção intestinal, sofrer uma queda, torcer um tornozelo. Em caso de emergências, não ter assistência do seguro acarretará o pagamento de no mínimo U$ 350,00, por uma consulta simples.

 

O que é um seguro de viagem?

O seguro viagem é uma apólice que torna o seu lazer mais tranquilo, como já contamos neste outro artigo aqui do blog. Ele garante o pagamento de despesas médicas do embarque até o retorno ao local de origem. Pode ser utilizado em deslocamentos para o exterior e também dentro do Brasil. Mas é mais comum quando atravessamos as fronteiras, porque no território nacional contamos com nossos planos de saúde e com o SUS.

Qual é a cobertura do seguro viagem?

A cobertura, é claro, depende da apólice escolhida pelo cliente. As mais básicas contemplam:

– Despesas médicas, hospitalares e odontológicas;

– Regresso sanitário (retornar ao Brasil com uma estrutura médica, como uma UTI móvel, por exemplo);

Quais são as coberturas acessórias de um seguro viagem?

As possibilidades são quase infinitas. Para ter uma ideia mais exata, clique aqui e fale com os corretores da AIO. Explique por quanto tempo vai viajar, para onde vai e o que fará no período. Tudo isso influencia nas opções que nossos profissionais oferecerão a você.

Por exemplo: existem coberturas adicionais específicas para quem praticar uma atividade arriscada, como alpinismo ou mergulho. Para quem vai fazer um curso mais longo, como um intercâmbio, existem opções mais baratas, com coberturas um pouco mais reduzidas, mas que oferecem proteção durante todos os meses em que o segurado permanecer no exterior estudando.

Entre as coberturas acessórias mais comuns, estão:

– Acompanhante em caso de hospitalização prolongada;

– Hospedagem ao acompanhante;

– Indenização para extravio, furto, roubo ou destruição da bagagem enquanto estava sob responsabilidade da companhia aérea;

– Cancelamento ou interrupção de viagem;

– Atraso do voo;

– Perda de documentos;

– Assistência jurídica.

Quanto custa fazer um seguro viagem?

Existem vários fatores que interferem no valor do seguro, como a cobertura contratada, a duração da viagem (quanto mais dias, maior o preço), a sua idade e a seguradora escolhida. Outro fator é o destino. Se a viagem for para a Europa, a apólice precisará respeitar o Tratado de Schengen, que determina uma coberta mínima de US$ EUR 30 mil para a entrada de estrangeiros em 26 países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Em média, um seguro-viagem para 7 dias custa entre R$ 100 e R$ 300. Valores que não incluem coberturas especiais, como prática de esportes de alto risco. Mas o valor exato só pode ser definido se você clicar aqui e pedir uma cotação, informando idade, destino e datas da viagem.

Faça agora mesmo o seu seguro-viagem e embarque tranquilo!

0 Comments

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *