PERIGOS DA AUTOMEDICAÇÃO: 10 MILHÕES DE MORTES POR ANO

PERIGOS DA AUTOMEDICAÇÃO: 10 MILHÕES DE MORTES POR ANO

PERIGOS DA AUTOMEDICAÇÃO: 10 MILHÕES DE MORTES POR ANO

  • Postado em 02/09/2019
  • Comentários
  •  

O número é mesmo assustador. E mesmo que você tome apenas um antibiótico para interromper uma dor, está correndo o risco de fazer parte desta triste estatística. De acordo com entidades ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU), o hábito de tomar remédio sem prescrição pode matar 10 milhões de pessoas por ano até 2050 em todo o mundo. E a ĀIO Corretora teve acesso a diversos outros estudos que provam os perigos da automedicação. 

O mais recentes foi divulgado agora mesmo, em agosto, pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF). Segundo o levantamento, 80% dos brasileiros se automedicaram nos últimos seis meses, ou seja, 8 em cada 10 pessoas. 47% dos entrevistados assumiram que tomam remédios por conta própria uma vez por mês. E 25% admitiram que estão mais sujeitos ainda aos perigos da automedicação: semanalmente ou diariamente tomam algum comprimido que não foi recomendado por um profissional. 

E o problema não é apenas ingerir medicamentos sem prescrição. O CFF também conversou com pacientes que vão ao consultório, fazem exames e seguem as recomendações dos especialistas em saúde. Porém, 57% deles confessaram que costumam ALTERAR AS DOSES prescritas ou DIMINUIR O PERÍODO DE MEDICAÇÃO determinado pelos médicos. 

Assim, fica fácil entender a perspectiva pessimista da ONU sobre a quantidade de gente que vai morrer por descuido, teimosia ou, até mesmo, arrogância. Porque se você não é médico e acha que pode diagnosticar e tratar de um problema de saúde sozinho, está sendo bastante presunçoso e brincando com a sua vida.

Perigos de automedicação: ouvir conselhos ruis!

Outro levantamento, realizado pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ), mostrou que 76,4% dos brasileiros consultam amigos, familiares, colegas e vizinhos antes de se automedicarem. Ou seja, ao invés de ouvirem um médico, cuidam da saúde com base na opinião de leigos. Por mais bem intencionados que estejam, amigos e vizinhos não possuem o conhecimento e a qualificação para recomendar remédios. 

Perigos de automedicação: intoxicação!

O dado é antigo, mas válido para constatarmos os perigos da automedicação. O Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox), órgão pertencente à Fundação Oswaldo Cruz, registrou 86.028 casos de intoxicação em 2012. E verificou que o consumo de remédios sem prescrição esteve entre os principais fatores causadores das intoxicações. Os pacientes tiveram erupções de pele, vômitos, tonturas e dores de estômago muito fortes. 

Tome cuidado com a sua saúde!

Neste outro artigo aqui do blog, mostramos mais um perigo para a saúde: o Google. 40% dos brasileiros costumam consultar a internet ao invés de um médico. Fica claro que agir por conta própria é um erro grave que pode, até mesmo, abreviar sua vida. 

Só tome remédios prescritos por médicos. Aliás, é recomendável visitar o consultório regularmente e, também, fazer um checkup anual. Se você possuir um bom plano de saúde, terá mais facilidade e menos custos para cuidar de si mesmo! Se você quer ficar saudável e contar sempre com o apoio dos melhores recursos da medicina, clique aqui e fale com os nossos corretores

0 Comments

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *