OUTUBRO ROSA

OUTUBRO ROSA

  • Postado em 25/09/2017
  • Comentários
  •  1

Uma grande campanha de engajamento e conscientização mundial aproxima-se em mais um Outubro Rosa. Cada vez mais forte e organizada, a mobilização rosa consegue atingir um número crescente de pessoas com informação e amparo. Qualquer mínima contribuição no sentido de chamar atenção para a campanha pode atingir o seu objetivo maior: salvar vidas.

A ᾹIO entende sua grande importância e apoia esta causa, exercendo seu papel na divulgação, como também levantando esta nobre bandeira.

O laço rosa, símbolo máximo do Outubro Rosa, assim como toda a nossa comunicação, permanecerá na cor rosa durante o mês inteiro.

 

Como surgiu o Outubro Rosa, até a sua implantação oficial

O primeiro movimento concreto na direção de atrair a questão da prevenção e cura do câncer de mama para o centro da discussão foi por meio da 1a. Corrida pela Cura, organizada em 1990 em Nova York, na qual os participantes receberam o laço rosa, lançado pela Fundação Susan G. Komen.

Anos mais tarde, em 1997, ações de incentivo ao diagnóstico precoce ganhavam corpo, já utilizando-se da denominação Outubro Rosa, nas cidades norte-americanas de Yuba e Lodi.

No Brasil, a primeira iniciativa ocorreu com a iluminação na cor rosa do monumento popularmente conhecido como Obelisco do Ibirapuera, em 02 de outubro de 2002. Finalmente, o movimento veio a fortalecer-se de outubro de 2008 em diante, ocasião na qual a iluminação rosa tomou conta de monumentos e prédios em diversas cidades, em uma ação conjunta de entidades ligadas ao câncer de mama.

 

Prevenção e a importância do diagnóstico precoce

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, e o segundo em geral. Seu diagnóstico precoce aumenta sensivelmente a sobrevida e chances de cura sobre a doença.

O autoexame é um fundamental aliado no combate ao câncer de mama. Além disso, exames clínicos devem ser feitos regularmente, levando-se em consideração fatores como idade e histórico familiar.

A mamografia, principal instrumento para detecção de tumores em fase inicial, é indicada a cada dois anos para mulheres entre 40 e 69 anos. Para aquelas com histórico de câncer na família, denominado grupo de risco, recomenda-se o início a partir dos 35 anos. Já para o exame de palpação dos seios, pede-se periodicidade anual.

Alguns hábitos de vida saudável estendem seus benefícios na prevenção do câncer de mama: não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, controlar o peso e praticar atividades físicas pode diminuir em até 28% a ocorrência da doença.

 

A luta contra o câncer de mama não é apenas das mulheres!

Que tal unir-se ao engajamento desta nobre causa?

Os pilares do Outubro Rosa baseiam-se principalmente em três frentes:

  • Divulgação de informações gerais sobre o câncer de mama;
  • Promoção do conhecimento e estímulo da postura de atenção das mulheres quanto às suas mamas e a necessidade de investigação oportuna das alterações suspeitas (conscientização);
  • Informação acerca das recomendações nacionais para o acompanhamento e os benefícios da mamografia de rotina. Assim, permitindo que a mulher possa tomar a melhor e mais segura decisão.

Portanto, empunhe esta bandeira. Procure saber mais, leve a informação para a sua empresa, faça com que abracem a ideia. Apoie sempre a sua esposa, mãe, filha, avó, amigas, e qualquer mulher que necessite. Incentive a prevenção e o encorajamento à realização de exames periódicos a todo momento. Compartilhe conhecimento e faça de todo Outubro Rosa. Vamos combater o câncer de mama!

2 Comments

Ferdinand Kuhn
muito bom gostei muito
Richard Pezzica
Maravilhosa posts , Com agradecimentos . |

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *