COMO FAZER UM PLANO DE SAÚDE EMPRESARIAL?

COMO FAZER UM PLANO DE SAÚDE EMPRESARIAL?

COMO FAZER UM PLANO DE SAÚDE EMPRESARIAL?

  • Postado em 24/05/2019
  • Comentários
  •  

Em 18 anos, o preço dos planos de saúde individuais e familiares cresceu quase o dobro da inflação. É o que mostrou um estudo divulgado no começo de maio de 2019 pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Enquanto as mensalidades cresceram 382%, a inflação geral do período foi de 208%. Como a conta é pesada quando falamos deste tipo de plano, o plano de saúde empresarial torna-se cada vez mais um benefício muito valorizado pelos profissionais, e empreendedores têm buscado informações sobre gestão de plano de saúde empresarial para viabilizar o acesso de seus funcionários a médicos e hospitais.

No artigo de hoje, vamos explicar como fazer um plano de saúde empresarial, quem tem direito a ele, quanto custa e quais são as vantagens tanto para os colaboradores quanto para os empregadores. Ao fim da leitura, se tiver qualquer dúvida, pode perguntar. É só clicar aqui e falar com os especialistas da ĀIO Corretora. Cuidar do bem-estar da equipe é cada vez mais importante.

O que é um plano de saúde empresarial?

É um plano coletivo contratado pela empresa para usufruto dos seus funcionários, registrado através de regime CLT que pode ser estendido aos dependentes deles.

Qual é o preço de um plano de saúde empresarial?

Para fazer o cálculo, primeiro é necessário saber a quantidade e a idade dos funcionários, escolher a operadora, definir qual será a cobertura e o tipo de acomodação. Até a geografia importa. Numa cidade gigante, como São Paulo ou Rio de Janeiro, escolher hospitais em todas as regiões têm um preço. Limitando a rede de atendimento, certamente o valor diminui.

O tamanho da empresa também pode impactar no custo do plano. Quanto maior o número de funcionários, mais chances terá para diminuir o valor cobrado pelo plano.

Mas não tenha dúvida: o plano empresarial é sempre mais barato do que o individual.

Quem paga o plano de saúde empresarial?

Quem pesquisa sobre como fazer um plano de saúde empresarial deseja, primeiro, descobrir de quem é a conta. E aqui, mais uma vez, há possibilidades de escolha. O empregador pode arcar com todos os custos ou repassar o valor total ou parcial do plano ao colaborador, através de desconto em folha. Lembrando que nessa modalidade de desconto, o funcionário poderá receber incentivo fiscal diretamente na folha de pagamento, pois o valor referente a contribuição do plano de saúde, pode ser deduzido do cálculo de imposto de renda. Outra possibilidade é aplicar a coparticipação, ou seja, um percentual do valor do procedimento será descontado na folha de pagamento do colaborador, sempre que ele realizar procedimentos de baixa complexidade como exames laboratoriais, consultas e terapias.

A coparticipação é interessante porque estimula o consumo consciente do plano. A empresa evita que o funcionário faça exames solicitados pelo médico e não leve os resultados para ele analisar. Isso é muito comum: o funcionário demora a retornar ao consultório e, quando o faz, os exames perderam a validade e precisam ser refeitos.  Se estiver pagando por isso, o funcionário não agirá assim.

Quais são os tipos de plano de saúde empresarial?

O plano de saúde empresarial pode incluir cobertura ambulatorial (consultas médicas, exames e terapias) e hospitalar (internação) ou somente hospitalar (internação).

O plano de saúde empresarial tem carência?

Empresas até 29 vidas poderão ter carências aplicadas, de acordo com a regra de aceitação de cada Operadora. Já para as empresas acima de 30 vidas, a legislação não permite aplicação de carência.

O plano de saúde empresarial é bom para as finanças do negócio?

Sem dúvida. Primeiro, há um ganho de produtividade, pois um funcionário que faz exames preventivos e visita o médico regularmente tem uma chance menor de adoecer. Ele não falta ao trabalho, não precisa se afastar para cuidar de um problema grave de saúde. É claro que existem exceções, pessoas que adoecem de repente e precisam de internação e atenção imediatas. Porém, no geral, ao ter um plano de saúde, o funcionário vai se cuidar, fará uma avaliação anual da sua saúde, agindo preventivamente.

O plano de saúde empresarial também traz uma redução na carga tributária, pois ele pode ser abatido do imposto de renda anual. É um tipo de incentivo fiscal concedido às empresas justamente para que elas ofereçam o benefício a seus colaboradores, mas como depende do regime tributário da empresa é sempre recomendado consultar um especialista contábil.

Como fazer um plano de saúde empresarial agora?

Simples! Clique aqui e peça um orçamento aos especialistas da ĀIO Corretora. Trabalhamos com as melhores operadoras do mercado e nos comprometemos a encontrar as melhores opções disponíveis neste momento para as suas necessidades.

Quer saber mais sobre saúde, benefícios e seguros? Então leia o blog da ĀIO Corretora! 

0 Comments

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *