CALENDÁRIO DE SAÚDE: OUTUBRO ROSA

CALENDÁRIO DE SAÚDE: OUTUBRO ROSA

  • Postado em 19/10/2018
  • Comentários
  •  

Uma grande campanha de engajamento e conscientização mundial aproxima-se em mais um Outubro Rosa. Cada vez mais forte e organizada, a mobilização rosa consegue atingir um número crescente de pessoas com informação e amparo. Qualquer mínima contribuição no sentido de chamar atenção para a campanha pode atingir o seu objetivo maior: salvar vidas.

A ᾹIO entende sua grande importância e apoia esta causa, exercendo seu papel na divulgação, como também levantando esta nobre bandeira.

O laço rosa, símbolo máximo do Outubro Rosa, assim como toda a nossa comunicação, permanecerá na cor rosa durante o mês inteiro.

Como surgiu o Outubro Rosa, até a sua implantação oficial

O primeiro movimento concreto na direção de atrair a questão da prevenção e cura do câncer de mama para o centro da discussão foi por meio da 1ª Corrida pela Cura, organizada em 1990 em Nova York, na qual os participantes receberam o laço rosa, lançado pela Fundação Susan G. Komen.

Anos mais tarde, em 1997, ações de incentivo ao diagnóstico precoce ganhavam corpo, já fazendo uso da denominação Outubro Rosa, nas cidades norte-americanas de Yuba e Lodi.

No Brasil, a primeira iniciativa ocorreu com a iluminação pela cor rosa do monumento popularmente conhecido como Obelisco do Ibirapuera, em 02 de outubro de 2002. Finalmente, o movimento veio a fortalecer-se de outubro de 2008 em diante, ocasião na qual a iluminação rosa tomou conta de monumentos e prédios em diversas cidades, em uma ação conjunta de entidades ligadas ao câncer de mama.

Prevenção e a importância do diagnóstico precoce

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres, e o segundo em geral. Seu diagnóstico precoce aumenta sensivelmente a sobrevida e chances de cura sobre a doença.

O autoexame é um fundamental aliado no combate ao câncer de mama. Além disso, exames clínicos devem ser feitos regularmente, levando-se em consideração fatores como idade e histórico familiar.

A mamografia, principal instrumento para detecção de tumores em fase inicial, é indicada a cada dois anos para mulheres entre 40 e 69 anos. Para aquelas com histórico de câncer na família, denominado grupo de risco, recomenda-se o início a partir dos 35 anos. Já para o exame de palpação dos seios, pede-se periodicidade anual.

Alguns hábitos de vida saudável estendem seus benefícios na prevenção do câncer de mama: não fumar, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, controlar o peso e praticar atividades físicas pode diminuir em até 28% a ocorrência da doença.

A luta contra o câncer de mama não é apenas das mulheres!

Que tal unir-se ao engajamento desta nobre causa?

Os pilares do Outubro Rosa baseiam-se principalmente em três frentes:

  • Divulgação de informações gerais sobre o câncer de mama;
  • Promoção do conhecimento e estímulo da postura de atenção das mulheres quanto às suas mamas e a necessidade de investigação oportuna das alterações suspeitas (conscientização);
  • Informação acerca das recomendações nacionais para o acompanhamento e os benefícios da mamografia de rotina. Assim, permitindo que a mulher possa tomar a melhor e mais segura decisão.

Portanto, empunhe esta bandeira. Procure saber mais, leve a informação para a sua empresa, faça com que abracem a ideia. Apoie sempre a sua esposa, mãe, filha, avó, amigas, e qualquer mulher que necessite. Incentive a prevenção e o encorajamento à realização de exames periódicos a todo momento. Compartilhe conhecimento e faça de todo Outubro Rosa. Vamos combater o câncer de mama!

0 Comments

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *